Operação apreende 90 toneladas de sucata automotiva em desmanche de Caxias do Sul

Em 10/07/2024
por Gustavo Colferai

Um chassi com a numeração apagada também foi apreendido

A Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP) deflagrou nesta terça-feira, 9, uma etapa da Operação Desmanche em Caxias do Sul. Ao longo do dia, a força-tarefa fiscalizou uma recuperadora de veículos, onde foram apreendidas cerca de 90 toneladas de sucata automotiva, além de um chassi com a numeração apagada.

De acordo com o coordenador da operação, tenente-coronel Jeferson Eroni, foi constatada uma grande quantidade de peças e acessórios acondicionados irregularmente, em processo de desmanche. “Nosso objetivo é verificar empresas que vendem peças irregulares de veículos usados. Estamos verificando a procedência das peças, o que for irregular será recolhido”, destaca.

A Operação Desmanche é realizada pela secretaria, com apoio de efetivo da Brigada Militar, do Corpo de Bombeiros Militar, da Polícia Civil, do Instituto-Geral de Perícias e do Detran.

Segundo a SSP, Caxias do Sul apresentou uma queda de 58% de roubos de veículo no mês de junho de 2024 em comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação ao primeiro semestre deste ano, houve uma queda de 41% desse tipo de crime em comparação com o primeiro semestre de 2023.

Realizada regularmente pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para os veículos abandonados em seu depósito, a reciclagem também foi adotada no âmbito da Operação Desmanche. Toda a sucata apreendida nos desmanches ilegais é descaracterizada por meio de compactação e encaminhada para reciclagem na Gerdau, o que impede que as peças sem origem retornem ao mercado ilegal.

As peças com rastreabilidade de origem respeitam critérios técnicos de segurança e normas ambientais e podem ser facilmente consultadas por qualquer pessoa em www.detran.rs.gov.br/pecalegal. São quase 10 milhões de peças à disposição nos Centros de Desmanche de Veículos gaúchos cadastrados na página.