“Não deixa de ser uma experiência, mas estou bem melhor”, relata farroupilhense que implantou eletrodos no cérebro contra o Parkinson

Em 10/07/2024
por Luís Carlos Müller

Elenita Nichetti luta contra a doença e vê melhoras significativas com a técnica implantada em Porto Alegre

A farroupilhense Elenita Nichetti, que sofre da doença de Parkinson, recentemente realizou uma cirurgia em Porto Alegre, no Hospital São José na Santa Casa. A nova tecnologia com a implantação de eletrodos diretamente no cérebro, vem auxiliando a produção de dopamina, que reduz drasticamente os tremores no corpo.

Preta como é carinhosamente conhecida, fez questão de comentar sobre a cirurgia e salientou que o resultado está além do esperado. Ela se preparava para fazer um tratamento nos Estados Unidos, porém optou por fazer em São Paulo no Brasil. Para o avanço no tratamento foi necessário a cirurgia, a qual foi realizada no dia 4 de junho deste ano em Porto Alegre.

Preta também agradeceu o apoio que vem recebendo da comunidade, principalmente nas questões de recursos, onde os medicamentos e os equipamentos utilizados para a sequência do tratamento, são muito caros.